Postado por Karen

Todo mundo sabe que o corpo da mulher muda durante a gravidez. A pele fica mais viçosa, os seios e o bumbum dão aquela turbinada, mas os cuidados com o corpo e com a beleza são importantes para não deixar marcas indesejáveis. Confiram algumas dicas de cuidados com a corpo durante a gravidez:

Rosto

Por conta da melanina, que fica estimulada, algumas manchas amarronzadas podem aparecer na pele. Chamadas de cloasma, ou “máscara da gravidez” elas são provocadas por mudanças na pigmentação da pele e podem aparecer em qualquer lugar do rosto ou do pescoço. Não precisa entrar em desespero. Elas irão começar a desaparecer após o quarto mês que o bebê nascer. Mesmo assim, utilize protetor solar com Fps acima de 30 para se proteger do sol. Antes de usar, veja sua composição e passe em um trecho da pele para verificar se você não tem alergia.

Outros problemas na pele poderão ocasionar manchas independente da gravidez, então fiquem atentas a qualquer sinal de mudanças e cor e tamanhos e consultem um dermatologista.

 

Barriga e Seios

Devido ao estiramento da barriga e o aumento dos seios, poderão aparecer estrias. É normal e não há muito o que fazer. Um jeito de reduzir suas chances de tê-las, no entanto, é ganhar peso aos poucos durante a gravidez, mantendo uma alimentação saudável e fazendo atividade física. Não utilize substâncias antiestrias, como o ácido retinoico, nem hidratantes a base de ureia. Substâncias permitidas nas formulações de hidratantes: glicerina, ceramidas, aquaporinas, pantenol, manteiga de karité, óleos (amêndoas doces, framboesa, semente de uva, rosa mosqueta), silicone, polipeptídios botânicos e lactato de amônia.  Hidrate bem sua barriga e os seios. Porém, não deve se passar nada nos mamilos nem nos bicos, para não afinar a pele, o que pode prejudicar mais tarde a amamentação.

 

Pernas

Celulite e varizes são as mais incomodam as mamães neste período. Têm como causa dilatação das veias e aumento do sangue em circulação. Evite passar muitas horas em pé ou sentada e faça repousos diários deixando as pernas para cima. Não existe um tratamento definitivo, mas uma dica para reduzir as chances de ter celulites e varizes é a prática de atividades físicas e controle do peso.

 

Mãos e unhas 

Uma ameaça para as mãos é a infecção por fungos, vírus ou bactérias. Se for fazer unha, não é aconselhável tirar a cutícula, pois é uma proteção natural da pele. Tanto o removedor quanto o próprio esmalte devem ser hipoalérgicos para evitar irritações. Utilize luvas para mexer com produtos domésticos e seque bem as mãos após lavá-las. Para quem não conhece, o eritema palmar é uma vermelhidão que aparece na palma das mãos no segundo semestre da gravidez e some entre seis a sete semanas após o parto. Ela acontece devido a elevação dos hormônios estrogênicos. Na dúvida, procure seu médico.

 

Pés

Durante a gestação os pés acabam retendo um pouco de líquido e a situação acaba se agravando no terceiro trimestre, e o aumento de peso predispõe a fissuras nos calcanhares e a queda de imunidade favorece micoses. Por isso, utilize sapatos adequados com bicos arredondados, se for utilizar salto que seja de até 3 cm, com boa forração e que não machuque. Cuidado: rasteirinhas favorecem rachaduras. Após o banho, seque bem os pés e utilize hidratantes ou óleo de amêndoas para preveni-las.

 

Fontes: mulher.com.br, Delas, Papo feminino, Site de beleza e da Moda e BabyCenter

Deixe seu comentário